água X terra

Xterra em detalhes de vários proprietários.

Jipeiro

Problemas que possam ocorrer com a Xterra

Vários proprietários dos veículos Xterra costumam divulgar seus problemas a fim de trocar experiências com outros, fazendo assim uma rede de amigos em prol de uma manutenção e prevenção de jipe espetacular da Nissan, que teve a infelicidade de parar sua produção no Brasil.

Deixo bem claro aqui que são opniões de vários proprietários, e não nos responsabilizamos por erros que possam ocorrer por escolha desses relatos.

Eletro-ventilador(ventoinha)

Ar condicionado da Xterra: pode ficar fraco em dias de muito calor quando o carro estiver parado.

Solução: colocar uma eletro-ventoinha universal (10″ ou 12″). É ligada através de relê acionado pelo compressor. Procurem em lojas que instalam ar-condicionados, é pedem para criar suportes para prendê-los, nunca direto no condensador.

CÓDIGOS DE ERROS

1360 – Inje Comb Grupo 1 – problemas na instalação e/ou desinstalação de bloqueadores / rastreadores, principalmente de seguradoras (JONEYBEGOOD).

Embreagem

Mau uso é um dos principais fatores como, por exemplo: NUNCA descanse o pé no pedal ou fique “queimando” ao sair.

Troca do atuador hidráulico: para trocar o atuador da embreagem, tem que desmontar a suspensão dianteira, tirar a caixa de marchas para acessar a peça.

Mecânico da Nissan deu informações interessantes sobre o atuador da embreagem. Ele disse que o problema é com o fluido hidráulico, que é o mesmo do freio, vai absorvendo água e esta água é que estraga o atuador. Trocar tal fluido regularmente, seria a forma de preservar o atuador. Alguns sites falam para trocar anualmente o fluido de freio, oportunidade que seria uma boa hora para trocar o fluido da embreagem.

1ª Marcha dura, O engate da primeira marcha começar a ficar duro até que não encaixava + e tinha que desligar para engatar a primeira e passar as demais no tempo. Perceber que o pedal de embreagem ficou mole e desceu bastante.

– Pode ser o cilindro mestre de embreagem que foi pro saco. Um novo na Nissan (só existe o original).
– Pode ser: Uma das borrachas (a anterior) estava folgada e portando perdendo pressão. Trocar essa borracha pela outra (posterior).

Volante do motor da Xterra

Volante do motor dupla massa usado no MWM Sprint da GM S10/Blazer e Nissan XT/Frontier.

Mecânico da NISSAN falou do volante do motor, é uma peça que tem duas massas de ferro que possuem certa liberdade de giro entre si. Segundo o mecânico esta liberdade deve ser no máximo de quatro dentes, ele mostrou inclusive um volante bom, mostrou o giro das duas peças virando-as com as mãos sem muito esforço. Ele disse que uma ação que ajuda a preservar o mesmo é evitar o máximo possível as tentativas frustradas de ligar o motor, ou seja, virar a chave de ignição e o motor não pegar. Isto pode acontecer se o cabra não deixar a chave ligada tempo suficiente, ou bateria fraca (sim, são coisas óbvias). Segundo o mecânico, como a taxa de compressão do motor é muito elevada, caso não pegue, o motor poderá rodar um quarto de volta ao contrário, o que cria um impacto desnecessário sobre o volante.

Tipos de Volante, volante bimassa e monomassa original MWM. O volante monomassa, mesmo original, é bem mais barato que o bimassa vendido na concessionária: praticamente metade do preço. Mas atenção: com o volante monomassa, o disco não pode ser o rígido.

BARULHO NO ESTICADOR, O barulho e confundido com o barulho do motor. O Som é de vibração, algo solto mesmo! Percebido em marcha lenta. Visualmente você pode dar uma olhada no esticador.
Um novo quase não mexe! Já um com defeito se movimenta muito.
Risco, se uma peça dessa quebra! Vai tudo para o espaço, Hélice e etc.

Freios

Recomendação: comprar as pastilhas originais em concessionária

Diferenciais
Traseiro à “Dana 44 super”

Se atente ao óleo usado no diferencial TRASEIRO. O mesmo deve ser OBRIGATORIAMENTE, específico para diferenciais com auto-blocante (limited slip diferential)

Relação do diferencial é 4.36:1

http://coloradok5.com/axleguide.shtml

ABS

Sobre o ABS, aparentemente é um problema de aterramento, com outros sintomas agregados, tais como luz de ré não acende, mas se engatar tiver com 4×4 acionado, ao engatar à ré a luz do painel indicadora de 4×4 apaga. Um terminal oxidado de um fusível, o fusível da luz de ré, tal oxidação interferia no ABS e na luz de 4×4.

Se o problema persistir da uma observada nos cabos do ABS, que podem ser machucados pela suspensão ou pelo pneu dianteiro na hora de esterçar.

Cabo do sensor traseiro do ABS do lado do motorista estava partido pelo batente da suspensão. Necessário trocar os sensores traseiros e dianteiros.

 

Som

“Modelos 6×9” traseiros para encaixar perfeitamente – Pioneer, Sony, Selenium, entre outros.

Selenium multi system tri axial 6″ na frente

Veja fotos do encontro de Xterra na Serra da Canastra

1 Comentário