Exposição “Parque Militar”

resgata um pouco da história

Público prestigiou o espaço e conferiu veículos militares antigos na 28ª Fenajeep no “Parque Militar”

 

Parque MilitarAlém das competições nas pistas, dos passeios em trilhas da região, e do Salão Off-Road, a 28ª Fenajeep também disponibilizou para o público um espaço especial: o Parque Militar, com a exposição de veículos militares antigos. Ao todo, mais de 70 automóveis e viaturas integraram a exibição, vindos dos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. O objetivo é fomentar a preservação da história: apresentando aos mais jovens um pouco do passado e proporcionando aos mais velhos momentos de nostalgia.

Segundo o organizador da exposição e diretor-geral de operações da Anjo da Guarda Fest, de Camboriú (SC), Sandro Rocha, a exposição fomenta o patriotismo. “Queremos que, principalmente as crianças e os mais novos, tenham acesso a essas raridades, já que a exposição desperta o interesse das pessoas em saber mais informações sobre esses veículos”, pontua.

 

Pedido atendido

A empresa foi responsável em fazer o contato com dezenas de colecionadores e trazer as raridades para a Fenajeep, tendo um retorno muito positivo. “Os colecionadores já estavam muito ansiosos para participar novamente do evento e aceitaram prontamente a parceria. Assim, montamos um layout, pensando na melhor maneira de apresentar os veículos ao público visitante, já que queríamos uma exposição que representasse a grandiosidade do evento. Dessa forma, cada veículo possui uma identificação com data de fabricação, modelo, país e um pequeno histórico a título de curiosidade”, explica.

Para Rocha, esta edição da Fenajeep surpreendeu positivamente, em todos os sentidos. “Tudo funcionou perfeitamente, desde a logística oferecida pela organização, até a área para a exposição dos veículos. Agradeço imensamente à Comissão do evento por deixar as portas abertas para que pudéssemos fazer a exposição da forma que imaginamos. O trabalho coletivo que leva ao sucesso”, detalha.

 

Raridades

Uma das preciosidades da exposição são dois veículos usados na Segunda Guerra Mundial. Um deles é o CCKW, de 1942, fabricado nos EUA: um veículo 6×6 utilizado no combate, em setembro de 1946. O outro carro é um Dodge WX-57, com a mesma data de fabricação e país de origem. Segundo os organizadores, ambos veículos marcaram presença em inúmeros momentos de conflitos durante a guerra e, posteriormente, foram doados pelo Exército dos Estados Unidos para o do Brasil.

 

Aprovada

Parque MilitarA exposição “Parque Militar” atraiu moradores de diversos lugares do país. Direto de Pomerode (SC), Levi Liesenberg, 53 anos, é um assíduo frequentador da Fenajeep, e depois de dois anos de espera, fez questão de vir prestigiar o evento e, principalmente, conferir de perto a exposição.

“Existem veículos usados em combate durante a Segunda Guerra, é muita história envolvida na preservação desses veículos. Sem dúvida é uma oportunidade de mostrar para essa juventude tudo o que fizemos e as possibilidades que existiam na época. Isso é história. Hoje, a qualidade dos veículos não se compara aos antigos, onde as viaturas eram pesadas e fortes, como o jipe, por exemplo, criado para ser usado durante a guerra e hoje amado por muitos”, avaliou.

Para ele, a 28ª edição da Fenajeep atendeu as expectativas do público. “Foi muito triste, ficarmos dois anos sem o evento. Mas o público voltou com tudo. A festa está bonita, a exposição está fantástica, o clima colaborou e as arquibancadas estão lotadas. Parabéns aos organizadores por esse evento de sucesso”, expressou Liesenberg, que há anos frequenta o evento.

Confira mais no site da Fenajeep. e a matéria sobre a volta depois da pandemia.