água X terra

Aproveite o melhor desempenho

do seu off-road?

Desempenho

Para alcançar o melhor desempenho do seu automóvel é preciso ficar atento a uma séria de itens.

Muitos proprietários optam pela compra de um carro off-road para alcançar o melhor desempenho do veículo em viagens ou na hora de fazer trilhas. Seja para os apaixonados pela prática esportivo ou para quem só quer uma bela paisagem no final de semana, é preciso saber utilizar os recursos do veículo para obter o melhor desempenho.

É possível ver a diferenciação desses veículos que suportam todo tipo de terreno em anúncios de vendas de carros usados em BH, por exemplo, aquelas caminhonetes e SUV que são preparadas para o estilo off-road, ganham grande entonação por suas capacidades.

Mas afinal, como conseguir o melhor desempenhos dos automóveis na hora de deixar a estrada e partir para um terreno off-road? Se você está querendo invadir essa praia e quer saber como usar melhor o seu veículo, confira este post até o fim!

Prepare-se para aventura escolhendo os equipamentos certos

Não importa se o seu off-road é da Fiat ou qualquer outra marca, é importante que você saiba que para se aventurar pelas trilhas, precisa ter consigo alguns equipamentos extras que são essenciais para qualquer emergência.

Em uma situação inesperada, além do desempenho do carro você precisará de alguns itens como: cabo para ligação de bateria, o famoso cabo de ‘chupeta’, pás para cavar terra, bomba para calibrar e encher os pneus do carro, lanterna, capa de chuva, facão para cortar galhos, além é claro de uma corda que possa auxiliar no reboque do veículo.

Toda aventura merece cuidados, faça uma revisão no seu off-road!

Ainda antes de pegar a estrada e se aventurar por esse mundo de muita terra, lama, areia e o que mais tiver que vir, não importa se você escolheu um Chevrolet ou um carro antigo, é preciso fazer uma revisão de alguns itens essenciais para o bom funcionamento do seu veículo.

Antes de começar uma trilha verifique os níveis de água, óleo, as condições dos pneus, embreagem e dos freios. Faça um check-up dos itens de segurança para não ser surpreendido no meio da sua viagem.

Lembre-se de sempre ter no seu veículo um kit de primeiros socorros e roupas leves que você possa utilizar. Para sua segurança, não faça trilhas sozinho ou com apenas um veículo. Avise sua família e passe a sua rota para que pessoas de confiança saibam onde você está e o que está fazendo. Trilha é diversão com segurança!

trilhas da Serra da CanastraDecida o destino e faça a escolha certa dos pneus

Se você vai encarar um terreno irregular com muita água, lama, subida e descida, você precisará de um tipo de pneus. É preciso colocar os pneus lameiros antes de começar a trilha, no entanto, eles não são indicados para circular no asfalto, porque tem a aderência reduzida para esse tipo de piso.

Os pneus mais indicados para os trilheiros em início de carreira são os 70% terra e 30% asfalto.

Mas se você não quer fazer grandes investimentos, mas não quer perder a possibilidade de se divertir em trilhas, uma opção é utilizar os pneus mistos, que são 50% para asfalto e 50% para terra. Eles são ideais para os dois tipos de terrenos!

 

Murche os pneus com cuidado!

Para ganhar mais aderência ao trafegar em terreno arenosos e na lama é recomendado murchar um pouco os pneus para ganhar mais estabilidade. No caso da areia, o ideal é diminuir 8 libras do valor recomendado para o seu veículo. Se o seu próximo destino for um lamaçal, reduza em 4 libras, isso já trará um melhor desempenho para o seu carro.

Mas saindo da trilha, não perca tempo, pare em um posto de combustíveis e calibre adequadamente os pneus. Isso vai evitar que você estrague ou aumente o desgaste da borracha. Lembre-se que os pneus murchos no asfalto podem dificultar a dirigibilidade do veículo.

Qual a hora certa de ligar a tração 4×4?

Os amantes do off-road não abrem mão de um veículo com uma boa tração 4×4, no entanto não é indicado que esse modo fique ligado o tempo inteiro, principalmente quando se está circulando no asfalto.

O 4×4 é indicado para terrenos que apresentem baixa aderência, como o piso molhado, lama e areia. Se o carro tem o sistema de tração integral, automaticamente esse modo é ativado durante a utilização do veículo.

Nos casos de uma alavanca própria, desengate o 4×4 para evitar o aumento do consumo de combustível e o desgaste das peças.

Na hora de utilizar o 4×4, faça a troca antes de enfrentar o obstáculo, via de regra a alavanca só deve ser acionada com velocidade inferior a 100km/h. O segredo para o bom desempenho de um 4×4 no off-road é ir devagar, com cuidado!

Quando utilizar a tração 4×4 reduzida?

Quando você for passar por obstáculos que precisem mais força e torque do veículo é a hora de usar a tração 4×4 reduzida. Via de regra isso acontece em áreas alagadas, lama, subidas íngremes e quando está rebocando um veículo.

Um fator importante no uso dessa tração é que a velocidade não pode ultrapassar 40km/h e o engate dessa alavanca deve ocorrer com o veículo totalmente parado, sob pena de danificar o sistema de tração do automóvel.

A sensação de transpor um obstáculo lentamente, quase que roda por roda na hora de uma trilha off-road é indescritível. Cuidado, perícia e bastante tato são importantes para o piloto que irá realizar a manobra.

Atolou o carro? Pare!

Essa é a principal orientação, seja qual for o eixo que está girando sem aderência com o solo, ele ficará cada vez mais comprometido se você continuar acelerando.

O ideal é fazer um calço nos pneus que estão atolados no sentido que você quer sair com o veículo. Utilize madeira, areia molhada ou até os tapetes do carro.

Que tal, gostou deste post sobre como conseguir o melhor desempenho do seu off-road em estrada de terra? Então aproveite a visita em nosso blog e compartilhe este texto com os seus amigos usando as redes sociais!

Adicionar Comentário