água X terra
cachoeiras islandesas

Cachoeiras islandesas: um deleite para os olhos

Islândia. Um dos países mais gelados do mundo (não à toa seu nome em inglês é Iceland, ou Terra do Gelo), com temperatura média de 11º C, destaca-se por ter sua economia baseada no turismo, na tecnologia e nos transportes. Mas há algo nesse país que também encanta seus visitantes: suas quedas d’água. As cachoeiras islandesas podem ser algo impressionante para quem as conhece. Nesse post traremos três dessas maravilhas.

1. Cachoeiras islandesas –  Kirkjufellfoss

cachoeiras islandesasIgreja, montanha, cachoeira. Esta é a tradução do nome de umas das belíssimas cachoeiras islandesas. Não muito alta, ela é ideal para quem quer se banhar ou mesmo tirar uma foto.  O cenário ao fundo faz dela um local ainda mais interessante.

2. Goðafoss

cachoeiras islandesas
A cachoeira dos deuses traz consigo beleza e história.

A cachoeira dos deuses (essa é a tradução do nome) encanta aqueles que lá vão.

São 12m de altura e 30 de comprimento e uma história que remonta ao século XI.

Conta-se que, no ano 1000, o parlamento da Islândia  decidiu seguir a orientação dada por Thorgeir Thorkelsson para a Islândia adotar o cristianismo.

Quando estava voltando para casa,  Thorgeir passou por uma catarata. Nela ele atirou as estatuetas pagãs que tinha reverenciado até sua  conversão à religião cristã. Por isso mesmo, ela recebeu o nome que hoje ostenta.

3. Urriðafoss

cachoeiras islandesasA cachoeira da truta é considerada a mais  volumosa da Islândia. São  350m³ por segundo na queda d’água.

Vinda do rio mais longo do país, o Pjórsá, e a maior su queda d’água possui apenas 6 metros de altura.

Mas, como o lugar é muito bonito, vale a pena visitar uma das mais belas cachoeiras islandesas.

Cachoeiras islandesas

Visitar as cachoeiras islandesas é ter a impressão de que se vê algo único.

Se você, Xterráqueo ou amante do off-road, puder, não perca essa oportunidade. E não se esqueça de se preparar para o frio!

 

Adicionar Comentário